Zambelli diz que gostaria de se eleger ao senado: "É onde o impeachment dos ministros do STF acontece"

Em entrevista à Rádio Massa do Paraná, quando indagada sobre quem gostaria que o presidente Jair Bolsonaro indicasse para a vaga que vai se abrir no Supremo Tribunal Federal, a deputada federal Carla Zambelli preferiu não citar nomes, mas surpreendeu na resposta:

“Se eu tivesse que escolher hoje, eu escolheria ir para o senado pois é onde o impeachment dos ministros do STF acontece; eu gostaria de poder mostrar os crimes que eles já cometeram para sofrer cassação”

Com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello, anunciada para o dia 5 de julho, o presidente Jair Bolsonaro deve escolher um novo nome para ocupar a vaga, o que deve ocorrer, entretanto, somente a partir dessa data, por pedido do presidente do Supremo, Luiz Fux.

Esta será a segunda indicação de Bolsonaro ao STF e a última no atual mandato, até dezembro de 2022. O primeiro foi o desembargador Kassio Nunes Marques, que assumiu em 5 de novembro do ano passado, após a aposentadoria de Celso de Mello.

Veja o vídeo:

Em tempos de “censura”, precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido… Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *