Volpi pega pênalti de Nenê, e São Paulo e Fluminense não saem do zero na estreia do Campeonato Brasileiro

São Paulo e Fluminense empataram em 0 a 0 na noite deste sábado (29), no Morumbi, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O Flu teve as melhores oportunidades e com a chance de marcar em pênalti batido por Nenê, que Tiago Volpi defendeu, ainda na primeira etapa. 

GALERIA
> Começou o Brasileirão 2021! Veja os palpites da redação do LANCE!

Agora, as duas equipes viram a chave para a disputa da Copa do Brasil. Na próxima terça-feira (01), o São Paulo enfrenta o 4 de Julho, no Piauí, às 21h30. Já o Fluminense pega o Red Bull Bragantino, na próxima quarta-feira (02), às 21h30, no Rio de Janeiro. 

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

FLUMINENSE COMEÇA PRESSIONANDO
O jogo já começou com o Fluminense assustando o São Paulo, mesmo jogando no Morumbi. Com um minuto, Egídio recebeu na esquerda e bateu de canhota da intermediária, mas a bola foi no centro do gol para Volpi encaixar. 

Logo depois, Egídio recebeu na esquerda do campo de defesa, levantou a cabeça e deu belo passe em profundidade para Abel Hernández. Ele adiantou a bola e encheu o pé, para bonita defesa de Volpi. Caio Paulista também tentou de voleio, mas a bola passou ao lado da meta do São Paulo. 

NENÊ PERDE PÊNALTI NO MORUMBI
Os minutos seguiram e o Fluminense continuava a ameaçar o São Paulo. Aos 25 minutos, Igor Vinicius derrubou Abel Hernández dentro da área. Dois minutos depois e muita catimba, Nenê bateu e Tiago Volpi defendeu, evitando o gol do Tricolor carioca. 

PRIMEIRO TEMPO TERMINA SEM MUITA EMOÇÃO
Depois da penalidade desperdiçada de Nenê, o jogo deu uma acalmada, com as equipes se estudando muito no meio-campo. Quem chegou novamente foi o Fluminense, em cabeçada de Luccas Claro, para fora. Já o São Paulo, com dificuldades na armação, errava muitos passes e não conseguia acionar os alas.

DEPOIS DO INTERVALO, FLU ACERTA A TRAVE
Na volta após o intervalo, não demorou um minuto para o Flu acertar a trave do São Paulo. Martinelli cruzou para Gabriel Teixeira. O garoto matou no peito e bateu na saída de Tiago Volpi. A bola bateu no goleiro e foi rolando até beijar o pé da trave esquerda. 

SÃO PAULO TEM PRIMEIRA CHANCE NA PARTIDA E FLU RESPONDE
O jogo passava e o São Paulo não conseguia chegar ao ataque. O Tricolor foi assustar por meio da bola parada. Aos 14, Reinaldo bateu escanteio e Léo cabeceou para fora, por cima da meta de Marcos Felipe. Pouco depois, foi a vez do Fluminense. Em contra-ataque, Caio Paulista lançou Abel Hernández que foi travado na hora do chute.

VOLPI SALVA O SÃO PAULO MAIS UMA VEZ
Depois de muito estudo das duas equipes, o Fluminense chegou aos 35 minutos. Bobadilla fez oa tabela com Gabriel Teixeira e finalizou para o gol. A bola foi no meio e Tiago Volpi encaixou a bola perigosa. Já o São Paulo não conseguia criar situações de perigo à meta do Flu, que mandava na partida. 

ROJAS QUASE ABRE O PLACAR PARA O SÃO PAULO
Sem muitas chances no jogo, o São Paulo quase abriu o placar na única vez que chegou com perigo, aos 40 minutos. Reinaldo cruzou, a bola passou por Luciano e ela ficou para Rojas, que levou um susto e tocou, meio sem jeito, na bola, que passou rente à trave direita de Marcos Felipe.

Rojas ainda criou mais uma chance aos 48, mas o equatoriano estava impedido. Fim de jogo no Morumbi, com empate sem gols.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 0 FLUMINENSE
Local:
Morumbi, São Paulo (SP)
Data e horário: 29 de maio de 2021, às 21h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Lucas Canetto Bellote (SP)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Reinaldo (SAO), Abel Hernández, Yago Felipe, Roger Machado (FLU)
Cartões vermelhos:
Gols: 

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Luan, Liziero (Eder, aos 38’/2ºT), Gabriel Sara (Shaylon, aos 29’/2ºT) e Reinaldo; Igor Gomes (Rojas, Intervalo) e Pablo (Luciano, aos 10’/2ºT). Técnico: Hernán Crespo.

FLUMINENSE
Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago (Wellington, aos 43’/2ºT) e Nenê (Cazares, aos 38’/2ºT); Caio Paulista (Kayky, aos 28’/2ºT), Gabriel Teixeira (Luiz Henrique, aos 38’/2ºT) e Abel Hernández (Bobadilla, aos 28’/2ºT). Técnico: Roger Machado.

Informações extraídas do site O Lance!
https://www.lance.com.br/brasileirao/volpi-pega-penalti-nene-sao-paulo-fluminense-nao-saem-zero-estreia-campeonato-brasileiro.html
Autor: O Lance!

O Lance!

O Lance!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *