Sabão em pó criado para uso no espaço será testado na ISS em 2022

A marca norte-americana de sabão em pó Tide, fabricada e comercializada pela Procter & Gamble (P&G), desenvolverá, em parceria com a NASA, o primeiro produto de limpeza de roupas pensado para ser usado no espaço. O objetivo é testar a remoção de manchas nas roupas dos astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) em 2022, e o estudo por der implicações diretas para o planeta, como soluções inovadoras que atendam aos recursos e desafios ambientais na Terra.

Durante sua estadia na ISS, um astronauta precisa usar a mesmas roupas durante vários dias antes de trocá-las por um novo conjunto de peças limpas, entregues à estação por meio de missões de reabastecimento. Isso porque ainda não existe uma solução de lavanderia a bordo quando o ambiente é espacial. Em um ano, cerca de 72 kg de roupas por cada membro da tripulação são enviados para lá.

Programada para ser lançada em 2022, a missão PGTide (P&G Telescience Investigation of Detergent Experiments) testará a estabilidade dos ingredientes de limpeza sob as condições de microgravidade e os níveis de radiação enfrentadas no espaço.

Quando se trata de missões para lugares mais distantes do que a ISS, o reabastecimento de roupas se tornará ainda mais desafiador. Por isso, o desenvolvimento de produtos como este podem ser uma solução para a lavagem de roupas de astronautas em futuras missões para Marte e para a Lua. O sabão em pó também precisa ser compatível com os sistemas de suporte à vida da espaçonave, que tem uma quantidade limitada de água para as lavagens e a sua purificação após o uso. Pensando nisso, a Tide desenvolveu um detergente capaz de remover o mau cheiro e as manchas que, em simultâneo, é adequado para um sistema de água fechado.

Além disso, o desempenho dos lenços umedecidos Tide To Go e das canetas Tide To Go, já comercializados na Terra, também serão avaliados a bordo da ISS. “Estamos ansiosos por esta primeira investigação do Tide no espaço e esperamos que muitas mais surjam em breve”, diz Michael Roberts, cientista-chefe interino do Laboratório Nacional na ISS.

Os esforços da Tide também procuram encontrar a eficiência no uso de recursos como energia, água resíduos em todo o processo de lavanderia, de modo a reduzir os impactos ambientais. Aga Orlik, vice-presidente sênior da P&G North Americ Fabric Care, diz que “a humanidade atingiu um ponto crucial onde, por um lado, estamos na excitante cúspide da colonização do espaço e, por outro, enfrentando um período crítico em que é necessário agir agora para salvar o planeta”.

Fonte: Space.com

Informações extraídas do site CanalTech
https://canaltech.com.br/espaco/sabao-em-po-criado-para-uso-no-espaco-sera-testado-na-iss-em-2022-188040/
Autor: Wyllian Torres

Wyllian Torres

Wyllian Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *