Renan Calheiros “esquece” a CPI da Covid e defende aglomerações contra Bolsonaro: “É uma passeata a favor da vida”

O senador Renan Calheiros, relator da CPI da Covid-19, que tenta imputar no presidente Jair Bolsonaro o crime de responsabilidade por supostas ações e omissões no combate à pandemia do coronavírus no Brasil, defendeu as aglomerações contra o Governo Federal realizadas neste final de semana.

“As pessoas fizeram essas manifestações no Brasil todo, sobretudo pelo clamor, pela indignação, pela maneira como contrariam essa pulsão do Presidente da República de morte. As pessoas não aguentam mais”, alegou o senador, demonstrando incoerência; já que, na semana anterior, a Comissão Parlamentar de Inquérito condenou Bolsonaro e outras autoridades por participarem de eventos públicos.

Para justificar a contradição, Renan disse que os manifestantes estavam de máscara e guardaram a distância recomendável uns dos outros, diferentemente dos apoiadores de Bolsonaro.

“Acho que ela (a manifestação) não foi feita para aglomerar. Ela tem outro significado: é uma passeata a favor da vida, contra a morte, diferentemente do que aquelas que são levadas pelo presidente da República e seus adeptos”, tentou explicar o opositor ao Governo Bolsonaro.

Em tempos de “censura”, precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido… Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *