Jorginho decide no fim, e Ceará vence Grêmio na estreia do Brasileirão

Jogando na Arena Castelão na tarde deste domingo (30), o Ceará bateu o Grêmio em jogo repleto de emoções na Arena Castelão. O Vozão chegou a abrir dois gols de diferença na etapa inicial, mas viu o Tricolor Gaúcho buscar o placar. Entretanto, nos acréscimos, Jorginho deu a vitória para os cearenses em lance que contou com auxílio do VAR.

Ambas equipes voltam a jogar na próxima quarta-feira (2), mas pela Copa do Brasil. O Ceará tem pela frente o Fortaleza, atuando como visitante no clássico que promete ser a revanche da final do Campeonato Cearense, às 19h. Por outro lado, o Grêmio recebe o Brasiliense, em Porto Alegre, às 16h30.

>Outros resultados na 1ª Rodada do Brasileirão

CEARÁ PRESSIONA A SAÍDA, MAS…

O início do jogo mostrou um Ceará empenhado em subir as linhas e forçar o erro de passe pelo lado gremista. A estratégia quase deu certo em duas oportunidades. Na primeira, Geromel perdeu a posse da bola, mas se recuperou a tempo de desarmar Rick dentro da área. O atacante ficou reclamando de pênalti, mas nada foi marcado. Pouco depois, Cléber pressionou Ruan e por pouco não conseguiu efetuar o desarme próximo ao gol.

Apostando nas jogadas em profundidade, o Grêmio levou perigo duas vezes em chegadas pelo lado esquerdo. Em um primeiro momento, Lucas Silva lançou Diogo Barbosa que, de primeira, cabeceou para o meio tentando encontrar Ricardinho do outro lado. O atacante até chegou a chutar, mas cometeu falta no goleiro João Ricardo. Já aos 15, Léo Chú fez boa jogada individual e cruzou para o meio. Ricardinho se livrou da marcação e bateu firme, mandando a bola por cima da meta.

JORGINHO APARECE PARA O CEARÁ

Com a metade da etapa se aproximando, o Vozão encaixou melhor a marcação e passou a deixar o ataque adversário com dificuldades para criar as jogadas. Pelo setor ofensivo, Jorginho começou a aparecer mais e organizar as tímidas descidas do time comandado por Guto Ferreira.

Aos 19, o camisa 16 bateu falta próxima a área, mas errou o alvo, fazendo a bola passar por cima do travessão. No lance seguinte, recebeu em velocidade pelo lado esquerdo e bateu cruzado, mandando para fora.

CONTANDO COM A SORTE
 

Quando a partida parecia muito mais estudada, a sorte se fez presente para o Ceará. Aos 35 minutos, Saulo Mineiro avançou pelo lado direito e tocou para Cléber. O centroavante recebeu próximo à meia-lua e finalizou. O chute desviou no pé de Ruan, enganando Brenno e morrendo no fundo do gol.

A vantagem por pouco não ficou maior logo em seguida. Assim como no lance do gol, Saulo Mineiro arrancou e serviu Jorginho pelo lado direito. O meia recebeu, olhou para a área e encontrou novamente Saulo, livre, que finalizou em cima do goleiro Brenno.

Não parou por aí. Se Saulo não aproveitou sua chance, Rick não desperdiçou a dele. Em contra-ataque de almanaque, Cléber recebeu no meio de campo, girou sobre a marcação e serviu Pedro Naressi. O meia avançou pela direita e tocou para Rick. O atacante limpou a marcação levando para a perna esquerda e batendo no contrapé de Brenno, ampliando o placar para o Vozão aos 41 minutos.

BRENNO SALVA E GRÊMIO DIMINUI

Não satisfeito com a vantagem, o Ceará continuou fechando os espaços do Grêmio e tentando aproveitar as saídas no contra-ataque. Já nos acréscimos, Jorginho fez jogada individual e deixou a bola com Buiú. O lateral cruzou para Cléber, que ajeitou na coxa e mandou para o gol, obrigando Brenno a fazer um verdadeiro milagre para evitar o terceiro do Vozão.

Aos 49 minutos brilhou a estrela de Vanderson. O lateral gremista avançou pela direita, trouxe para o meio, se livrou de dois marcadores com um giro, tabelou com Matheus Henrique dentro da área e bateu cruzado, deixando João Ricardo sem chances. Assim, levou o placar de 2 x 1 para o intervalo.

VOLTOU LIGADO!

Repleto de mudanças, o Grêmio voltou melhor nos primeiros minutos da etapa inicial. Logo na primeira volta do ponteiro, Cortez avançou pela esquerda e bateu cruzado. Por muito pouco, Ricardinho não conseguiu completar para o gol. Contudo, no lance seguinte o atacante foi letal. Arrancando desde o campo de defesa, Léo Chú rasgou o campo pelo lado esquerdo e cruzou nos pés do centroavante, que só completou para as redes.

O gol deu ainda mais ânimo para o Tricolor, que continuou pressionando o adversário mesmo jogando fora de casa. Por outro lado, o Ceará tentou manter a posse da bola e esfriar a partida. Tentando sair com os pés, o goleiro Vinícius Machado por pouco não se complicou e entregou a virada nos pés do rival.

GOLEIROS FAZEM MILAGRES

Em uma das poucas descidas com perigo ao campo de ataque durante os primeiros 30 minutos da etapa final, o Ceará chegou perto de voltar a ficar na frente do placar. No entanto, depois do domínio e arremate de Rick dentro da área, Brenno voou no canto esquerdo e mandou o perigo para longe.

Do outro lado também brilhou a estrela de Vinícius. Em boa jogada pela esquerda, Cortez deixou a marcação para trás e serviu Léo Chú. O atacante finalizou de primeira, obrigando o goleiro do Vozão a mostrar repertório para, de ponta de dedo, mandar a bola para escanteio.

O BRILHO DE JORGINHO

Apagado durante a etapa final, Jorginho apareceu quando o Ceará mais precisou. Aos 48 minutos, o meia aproveitou a sobra de um chute na trave e, de primeira, mandou para o fundo do gol. O lance contou com longa análise do VAR para checar a posição do meia, que era legal.

Nos minutos restantes, o Ceará apenas se defendeu e fechou os espaços, não deixando que o Grêmio buscasse novamente o resultado.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
​CEARÁ 3 x 2 GRÊMIO

Local: Arena Castelão, em Fortaleza
Data/Horário: 30/05/2021 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (CBF-DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade e José Reinaldo Nascimento Junior (ambos CBF-DF)
Árbitro de vídeo: Rodrigo D’Alonso Ferreira (CBF-SC)
Cartões amarelos: Messias, Buiú e Charles (CEA); Thiago Santos, Pedro Geromel e Matheus Henrique (GRE)
Cartões vermelhos:

GOLS: Cléber (35’/1°T) (1-0), Rick (41’/1°T) (2-0), Vanderson (49’/1°T) (2-1), Ricardinho (3’/2°T) (2-2), Jorginho (48’/2°T) (3-2)

CEARÁ (Técnico: Guto Ferreira)

João Ricardo (Vinícius Machado, no intervalo), Buiú, Messias, Gabriel Lacerda e Kelvyn; Oliveira, Pedro Naressi (Charles, 30’/2°T) e Jorginho; Rick (Wendson, 48’/2°T), Saulo Mineiro (Yony González, 26’/2°T) e Cléber (João Victor, 30’/2°T).

GRÊMIO (Técnico: Evandro Fornari)

Brenno, Vanderson, Pedro Geromel, Ruan e Diogo Barbosa (Bruno Cortez, no intervalo); Thiago Santos, Lucas Silva (Jean Pyerre, no intervalo) e Matheus Henrique; Léo Chú (Guilherme Azevedo, 48’/2°T), Léo Pereira (Jhonata Robert, no intervalo) e Ricardinho.

Informações extraídas do site O Lance!
https://www.lance.com.br/brasileirao/jorginho-decide-fim-ceara-vence-gremio-estreia-brasileirao.html
Autor: O Lance!

O Lance!

O Lance!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *