Cúpula da CPI coage a maior parte dos depoentes, mas afaga Luana Araújo que ofende colegas cientistas

A jovem médica infectologista Luana Araújo, que seria nomeada para o cargo de Secretária Extraordinária de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus do Palácio do Planalto (mas nem chegou a assumir o posto), foi muito bem tratada pela cúpula da CPI da Covid-19.

Não era pra menos: logo de cara, ela conquistou a “simpatia” do “G7”, grupo de sete senadores opositores ao Governo Federal. Tudo porque ela criticou o tratamento precoce e disse que não havia evidências de que o remédio seria capaz de tratar infecção em seu estágio inicial.

Feitas as considerações iniciais, bem ao estilo crítico e inquisidor dos parlamentares de oposição, ali, ela já ganhou pontos com os senadores: não foi desrespeitada, não foi interrompida e nem coagida. Na verdade, Luana deve ter conquistado o “coração” de Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e de Omar Aziz (PSD-AM), quando chamou outros colegas cientistas que discordam da posição dela de “terraplanistas”. O presidente e o vice da Comissão Parlamentar de Inquérito estavam tão “satisfeitos” com as respostas dela, que nem pareciam as mesmas pessoas do dia anterior, quando tentavam humilhar a oncologista e imunologista Nise Yamagushi, que tem 40 anos de profissão dedicados à ciência e é referência mundial no tratamento contra o câncer.

Rodrigo Constantino comentou sobre a postura arrogante da infectologista e disse:

“Chamar milhares de médicos no Brasil e no mundo de ‘terraplanistas’… Uma pessoa jovem, estudiosa mas jovem e sem tanta experiência, é óbvio que é um ato de arrogância… Nem participou do Governo e olha o tratamento dela para o que vimos, ontem, com a Doutora Nise”, pontuou.

“Ela veio levar a mensagem que a turma política, que não sabe como se faz ciência, queria ouvir. Eu concordo com esse aspecto: ciência não deveria ter lado. Infelizmente, tem. Muita gente está politizando a ciência, inclusive, essa pesquisadora, como ficou claro. Ela trata com o quê os pacientes? Com canja de galinha recomendada pelo ex-ministro Mandetta, ortopedista? Ah, esqueci que ela não trata ninguém. Tem esse pequeno detalhe”, ironizou.

“Acusar de ‘terraplanistas’, repito, é o auge da arrogância, mas ela foi muito bem tratada, com muito respeito pelos senadores politizados e lulistas que, ali, estavam no gabinete paralelo do Lula”, lembrou.

Confira o vídeo:

Em tempos de “censura”, precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido… Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: JPNews

Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *