China está treinando 18 astronautas para missões em sua nova estação espacial

Na semana passada, os primeiros taikonautas chegaram ao módulo principal da nova estação espacial da China para uma missão de três meses. E, conforme o país avança na construção de seu próximo laboratório orbital, que deverá ser concluído em 2022, será necessário treinar mais astronautas. Assim, o Astronaut Center of China, em Pequim, está treinando um novo grupo, composto por 18 membros.

A seleção da equipe da terceira geração de astronautas começou em maio de 2018, e três rodadas de testes foram feitas no ano passado com 2.500 participantes. A nova equipe é formada por 17 homens e apenas uma mulher. Eles serão divididos em três grupos para desempenhar diferentes funções: sete deles serão pilotos, outros sete serão os engenheiros de voo espacial e, por fim, os quatro restantes serão especialistas em cargas úteis.

Os novos pilotos foram escolhidos entre os aviadores da Força Aérea do Exército Popular de Libertação, e os engenheiros de voo espacial são antigos pesquisadores e técnicos em aeronáutica, astronáutica e outras áreas relacionadas. Por fim, os especialistas em cargas úteis foram selecionados entre profissionais envolvidos na ciência espacial e em aplicações para o programa espacial tripulado da China. O grupo já está sendo treinado para participar de missões espaciais futuras.

A China Manned Space Agency ainda não revelou quais foram os critérios de seleção da nova geração de astronautas, mas um oficial com conhecimento da área trouxe algumas informações: sob a condição de anonimato, ele afirmou que os critérios foram diferentes daqueles usados nas seleções das gerações anteriores — isso porque os astronautas vão realizar missões na nova estação Tiangong-3, ou seja, terão mais desafios e vão precisar atender requisitos mais rígidos que aqueles exigidos em outras missões.

Antes deste grupo, a China tinha 21 astronautas de duas gerações; deles, 12 já estiveram em voos espaciais, e os outros que não tiveram experiência com voos espaciais enquanto serviram já se aposentaram. Anteriormente, todos os astronautas chineses tinham idade entre 25 e 35 anos, altura de 1,60 m a 1,72 m e peso entre 55 kg e 70 kg. Eles não devem fumar e nem ingerir álcool excessivamente, e ainda têm que somar pelo menos 600 h de voo em jatos de combate, além de terem registros de bons serviços prestados na Força Aérea.

Fonte: China Daily

Informações extraídas do site CanalTech
https://canaltech.com.br/espaco/china-esta-treinando-18-astronautas-para-missoes-em-sua-nova-estacao-espacial-187784/
Autor: Danielle Cassita

Danielle Cassita

Danielle Cassita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *