A ministra Cármen Lúcia não entendeu o recado do general

O presidente do Superior Tribunal Militar, general Luis Carlos Gomes Mattos, deu o recado…

O general afirmou que quem está contra o governo vai “esticar essa corda, como se diz, até que ela arrebente”.

A frase fez estremecer cada canto do prédio do STF.

Entretanto, a ministra Cármen Lúcia parece não ter entendido o que disse o general e determinou, na última sexta-feira (18), um prazo de cinco dias para que o Ministério da Defesa apresente manifestação sobre a ação na Corte que questiona o sigilo de 100 anos, imposto pelo Exército, no processo contra Eduardo Pazuello.

O presidente do STM, na mesma ocasião em que disse que a “corda está esticando”, defendeu o próprio general Pazuello.

“Eu conheço o general Pazuello. Não tenho dúvidas da competência e honestidade dele”, disse.

Mas afinal… O STF vai seguir “pisando na corda” até arrebentá-la?

Em tempos de “censura”, precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido… Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Redação

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *